quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

ESTOU REVOLTADO.


Estou revoltado com tudo que eu tenho visto, ouvido e presenciado, tudo se torna liberado permissivo, nada esta errado tudo faz parte dos “tempos modernos”: MENTIRA. Apenas desculpa para a autodestruição, liberação de todo tipo de desejo, a oportunidade para fazer o que nunca seria considerado permitido pela sociedade chamada ignorante, retrógrada, opressiva. Não sou a favor da ditadura e nem a favor dos “tempos modernos”, eu sou a favor do que é saudável, construtivo, inspirador, frutífero, VIDA, QUE AGORA É CONFUNDIDA COM DROGAS, SEXO COM TODOS E MAIS ALGUNS, REBELDIA EXTREMA POR NÃO TER UM BOM EXEMPLO EM CASA E FORA DE CASA, QUE POR SUA VEZ NÃO TIVERAM TAMBÉM BONS EXEMPLOS E TUDO SE TORNA NORMAL? Gritar é normal, maldizer é normal, desrespeito por todos é normal, drogas é normal, tudo que outrora considera errado, doença, fora de controlo passa a ser normal e ninguém quer mudança e nem saber das alternativas?
Exemplo: um belo dia alguém usa o creme dental nos olhos, arde, aleija, não funciona, e continua a usar e usar e usar… Como se chama isso? Esta danificando a visão, trazendo dor, mas alguém disse que era bom (exclama) com toda convicção, como se chama isso? BURRICE.

Quem ler este post, pense no que está fazendo da vida.
Eu já errei muito e ainda erro, mas procuro aprender, evoluir, fazer uma vida melhor a cada dia, já tenho muitas coisas que sei que não dão certo e outras que definitivamente trouxeram soluções.

Portanto meus amigos, conhecidos e até memo pessoas que nunca vi na vida, vamos optar por uma vida de inteligência (Conjunto de todas as faculdades intelectuais: memória, imaginação, juízo, raciocínio, abstracção e concepção) que busca mais da vida e não se conformar com o que ela mostra, mas olha além das emoções a flor da pele.

Peace!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Geração, para onde vais?


O meu pensamento ultimamente tem sido para não nos conformamos com este mundo. Quando vemos algo na TV, rua, jornal, revista ou na net que não nos agrada automaticamente viramos os olhos para outra direcção.
Gostamos apenas de ver o que nos agrada, interessa, satisfaz, ajuda, favorece, em fim, só o que apenas queremos, é assim hoje, todos são assim, não?
Tenho pensado que muitas das coisas que faço não foram por necessidade de outro, mas por minha causa, que nem sempre foi nobre ou útil, mal...
Costumo dizer que temos em nossas mãos (digo nossas pois lido no dia-a-dia) uma geração micro ondas, tudo é para 5 minutos e nem nos apercebemos que quão fraca ela se torna a cada dia, uma geração que é tão protegida do sofrimento que nem sabe como sofrer. NÃO ME CONFORMO COM ISTO.
Deixo neste pequeno veículo de comunicação dos nossos dias a minha indignação, opinião e desabafo de uma geração que não está em plena saúde no que diz respeito a maturidade, carácter, alma e espírito.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Basileia 2010


Depois de um final de semana brutal em Faro juntamente com os Christian Surfers Portugal (Zaca, Sofia e Luis), Claudecir Júnior e muitos outros que se juntaram a nós no Workshop de Skate, algo simples onde tivemos o privilégio de ter João Relógio para partilha das experiências que ele tinha no skate e com Deus, foi espectacular.
A malta do Boavista Skate Crew curtiu, isso eles mesmos podem confirmar. Toques novos no skate, muita risada, comida barata, apartamento emprestado pela Igreja Baptista, concertos com DJ IMA, MC Ary e Cast a Fire, portanto, foi espectacular e esperamos por mais!
Agradeço a Deus pela graça (favor imerecido) por estar presente nestes eventos e neste em especial com os meus amigos skaters. Acredito que Ele nos da a oportunidade de viver.

Peace, fiquem bem!

domingo, 5 de setembro de 2010

Bela manhã de Domingo

O sol brilha já com intensidade na Costa Vicentina Alentejana, respiro fundo, vejo o dia pela frente, actualizo as informações, ouço, leio, medito e vejo que ainda estou vivo e penso: Que maravilha.

Um corpo são e mente são, inicio para uma vida espiritual saudável? Não necessariamente, pois na fraqueza, somos fortes, pois quando ela aparece (a fraqueza) ficamos mais sensíveis ao que está acima de nós e apercebo-nos do que o ser humano é feito. Um suspiro.

Não é corpo e matéria que define quem somos, mas sim as escolhas, que traz a tona o carácter, atitude, visão, expectativas da vida. Nesta semana vi tantas expectativas fracas, que sinceramente, nem pareciam expectativas.

Sabem, não deixei sua alma sucumbir a azáfama da vida que hoje é regida por bens, onde o poder não é mais a palavra dita de confiança, amor, respeito, lealdade e compaixão, mas sim verdade convencional, interesse, egoísmo, ódio e dinheiro. Podes até ter meio a meio destes substantivos, não se conforme em ter percentagem, seja integro e sem iniquidade.

Se tiver uma Bíblia em sua casa procure este texto: Evangelho de João capitulo 10 versículo 10.

Se não tiver clic no link.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Éeeee... to com "suspiros" a vários dias... pensando, meditando, matutando, maquinando, imaginando, acreditando, especulando e armazenando.

E você se pergunta: "Para que tanto "ando"?"

De vez em quando é necessário.

Nem sei o que escrever, tanto se passou neste mês de Agosto, férias, visitas, decisões, mudanças...

É engraçado como tudo dá a volta em pouco tempo, depois de pequenas coisas, a vida leva outro rumo, parece até que mudamos de mar, não conhecemos mais o que território navegado.

Continuo pensando... é bom. Acho eu.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Fiquei inquieto com uma frase do Carlos Rizzon no Facebook: Pelo que estamos dando a vida hoje? Por dogmas, estruturas, organizações e isntituições?A vida é isto? Ajuda-nos Pai. de Carlos Bregantin.

Estou pensando sobre isso, o que fazemos nós com o que recebemos de Deus? Como transmitimos? Como vivemos? Como entendemos? Se é que todos entendem o amor que vem de Deus.

Eu tenho uma certeza, o que tenho de Deus é suficiente, cansei de pedir por mais. Mais do que nem mesmo eu sabia bem, na verdade o "mais", era proveniente de uma necessidade puramente incrédula, portanto egoísmo, não era o sentimento de Tomé, a Cíntia disse algo que gostei: "Tomé não foi incrédulo, foi ousado.", os outros também tiveram suas duvidas, ao invés de pronuncia-las foram confirmar com os próprios olhos a ressurreição.

Pelo que nos entregamos? Para que?

Pense bem, onde está a tua fé (acreditar no que não se vê)?

Não complique o que é simples. Apenas viva o amor que vem Deus. Achas lamechas? Pense bem...

Se tiver alguma duvida podes postar um comentário, irei aprova-lo e responde-lo.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Workshop Street Dance


Para maiores informações entre em contacto: 932 292 429, Júnior.
Ou pelo email: amadu.jnr@hotmail.com

Para quem não sabe o que é street dance:

segunda-feira, 10 de maio de 2010




Comunidade: 1. Qualidade daquilo que é comum. 2. Agremiação. 3. Comuna. 4. Sociedade. 5. Identidade. 6. Paridade. 7. Conformidade. 8. Lugar onde vivem indivíduos agremiados.

Este video nos mostra a comunidade ligada pelo desporto, uma das definições que gosto desta palavra é: Identidade.

Qual é a sua identidade? Quanto cristão e skater que sou vejo minha identidade formada, é necessário estarmos ligados a algo que nos mostre esta identidade, quanto mais saudável, mais saudável será sua identidade.

Reconheço que a comunidade cristã saiu da essência de comunidade universal. Isso não quer dizer que todas ainda estejam fora desta dimensão, observando a Bíblia vejo a importância que ela dá a comunidade.

Por que ignoramos o "estar junto"?


sexta-feira, 7 de maio de 2010

Luta constante





Sempre que vejo a luta do bem contra o mal, não consigo deixar de pensar que em nós sempre haverá maldade e bondade, cada um alimenta o que quer alimentar.
Não há desculpas, sempre haverá alternativas!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Novas coisas, 423Bar

Olá a todos, o post anterior foi um erro, pois estou a conhecer o programa Adobe Contribute CS3, onde edito as mensagens do blog sem ter que fazer login no Blogspot.com, facilita as coisa mas primeiro tenho que aprender a trabalhar com o programa como deve ser.

Bom, por falar em coisas novas, amanhã estarei em Lagos junto com a Eva e o Tiago a colaborar com um trabalho brutal, 423 Bar, realizado com o intuito de ter um espaço com música, snacks, diversão saudável. O que tem faltado aos jovens de hoje.

Depois de um final de semana a ouvir sobre Missão Integral, ficamos ansiosos por fazer algo que mostre o evangelho todo, para todas as áreas do ser humano e para todos. Creio que este Café Concerto (423Bar) em Lagos é a tentativa de cumprir a missão integral.

A expectativa é que seja algo curtido e com conteúdo. Ore por isso!

Obrigado. Até breve.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Avançar!

Quando temos uma nova perspectiva de trabalho é muito motivante, temos algo novo.
Hoje tenho me sentido assim, com a rotina a acelerar novamente depois de um final de ano acelerado (agradeço a Deus por isso), tivemos um tempo de busca, renovo, avaliação e oração (também agradeço a Deus).
O que eu quero compartilhar aqui é o seguinte: as vezes confundimos o objectivo com o fazer muitas coisas.
Foi a conclusão que cheguei, causando assim frustração, a falta de objectivo claro turva as coisas praticas (importantes também) não essencial.
A paz de espírito e clareza nas decisões é que geram verdadeiros avanços, não o fazer desenfreado.
Como ter paz de espírito?
Primeiro temos que acreditar que temos um, depois procurar saber o que o alimenta.
No meu caso o melhor alimento é a Bíblia, que considero de maneira irrefutável, inquestionável, como um livro Sagrado. Assim tenho sempre alimento para o meu espírito estar quieto e em paz.
E quanto a clareza?
Subentende-se por clareza algo transparente, que conseguimos ver através, tudo o que é oculto não faz bem, para não ser oculto temos que compartilhar e pedir opinião a pessoas que estão ligadas as decisões.
É simples porem difícil.
Mas digo com toda a certeza que é a melhor coisa a buscarmos em nossa vidas.

Fiquem bem!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Evangelho Bombástico.

1ª Tessalonicenses 1.3-5

“…o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo e em plena convicção, como bem sabeis quais fomos entre vós por amor de vós.”

A carta do apóstolo Paulo aos tessalonicenses é uma demonstração de afeto e satisfação em ver o resultado do evangelho pregado aos tessalonicenses. Interessante vermos como ele começa a carta sem usar o titulo de apóstolo, com muito alegria, diferente da carta aos gálatas.

Mas o mais interessante está neste versículo acima citado, quando eu li 1ª Tessalonicenses apenas uma palavra vinha a minha cabeça, PODER! Com qual objectivo foi mencionado esta palavra pelo apostolo?

No original nós vemos que a palavra para dar esta tradução de poder é: dúnamis, que quer dizer dínamo de onde a palavra dinamite também é derivada.

Aqui esta a ilustração perfeita para entender o que se passou naquela igreja (grupo de pessoas reunidas em nome de Cristo) veja o vídeo com atenção:

VÊ-SE, OUVE-SE, MOVIMENTA E TRANSFORMA.

Uma pergunta para reflexão: O evangelho tem feito isso na sua vida, conseguimos ver, ouvir, movimentar e transformar?

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Desintoxicação!


Boa tarde, hoje escrevo a partir de um computador da Biblioteca Municipal de Odemira, pois o nosso portátil está em Lisboa, na casa da Lídia.
Posso dizer que foi bom ficar sem ele por uns dias, já que só voltara dia 24 deste mês junto com Tito, enfim uma desintoxicação da net, pois agora nos fim de noite quando já não quero mais ver TV, farto da novela, o costume era a net, ver os mails, facebook, etc...
Agora, para limpar da novela vou directo para um livro, pode ser Igreja Emergente, Evidencias da Ressurreição ou (o melhor de todos) a bíblia.
Uma maneira mais saudável de encerrar o serão da noite.
E outra coisa boa é vir a net na biblioteca, onde também não fico muito tempo na net, prefiro ler, o ambiente aqui é muito agradável e chama-nos a leitura, estou ficando cada vez mais apaixonado pela própria.
Ler, fonte de saber!

Quem é o autor?

A minha foto
Falar de nós mesmo é difícil, pois a pergunta "Quem é você?" não se responde apenas se tem a certeza de quem nós somos, cheios convicções estabelecidas num alicerce, ou não. O meu alicerce é incorruptível, chamado Deus! Quem sou: imitador de tudo que é bom para viver uma vida de utilidade e de separação do que é mal.