sábado, 30 de maio de 2009

Para matar saudade




Águas De Março

Elis Regina

Composição: Tom Jobim

É pau é pedra
É o fim do caminho
É um resto de toco
É um pouco sozinho...

É um caco de vidro
É a vida é o sol
É a noite é a morte
É um laço é o anzol...

É peroba do campo
É o nó da madeira
Caingá, Candeia
É o matita-pereira...

É madeira de vento
Tombo da ribanceira
É um mistério profundo
É o queira ou não queira...

É o vento ventando
É o fim da ladeira
É a viga é o vão
Festa da Cumeeira...

É a chuva chovendo
É conversa ribeira
Das águas de março
É o fim da canseira...

É o pé é o chão
É a marcha estradeira
Passarinho na mão
Pedra de atiradeira...

É uma ave no céu
É uma ave no chão
É um regato é uma fonte
É um pedaço de pão...

É o fundo do poço
É o fim do caminho
No rosto um desgosto
É um pouco sozinho...

É um estrepe é um prego
É uma ponta é um ponto
É um pingo pingando
É uma conta é um conto...

É um peixe é um gesto
É uma prata brilhando
É a luz da manhã
É o tijolo chegando...

É a lenha é o dia
É o fim da picada
É a garrafa de cana
Estilhaço na estrada...

É o projeto da casa
É o corpo na cama
É o carro enguiçado
É a lama é a lama...

É um passo é uma ponte
É um sapo é uma rã
É um resto de mato
Na luz da manhã...

São as águas de março
Fechando o verão
E a promessa de vida
No teu coração...

É uma cobra é um pau
É João é José
É um espinho na mão
É um corte no pé...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

É pau é pedra
É o fim do caminho
É um resto de toco
É um pouco sozinho...

É um passo é uma ponte
É um sapo é uma rã
É um belo horizonte
É uma febre terçã...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

-Pau, -Edra, -Im, -Inho
-Esto, -Oco, -Ouco, -Inho
-Aco, -Idro, -Ida, -Ol
-Oite, -Orte, -Aço, -Zol...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

terça-feira, 19 de maio de 2009

sede e respeito


No dia 3 de Maio de 2009, após o retiro de casais, no culto em Santo António dos Cavaleiros (Igreja Reviver) recebi uma profecia:

“Terás sede de Deus, como nunca tiveste, terás nada, apenas sede de Deus.”

Sempre tive sede de Deus, uns tempos mais outros menos, mas esta profecia foi impactante, pois agora tenho um desespero, anseio ardente, ou seja, uma sede gigantesca de Deus, que está mesclada com temor (respeito e medo). Sabendo que sou pecador, acordei para uma realidade ignorada por muitos, Deus não limita-se apenas a Ser amor, mas também é justo, também ira-se, também tem limite, exemplos: Dilúvio, Sodoma e Gomorra, David, Israel.
Faz se um CLIC! O respeito por Deus está em baixo, sua imagem no geral é: um Deus que perdoa tudo e a todos, e não é bem assim, voltemos ao respeito que havia no antigo testamento, onde o nome de Deus nem era verbalizado (claro, exagero extremo, mas um respeito admirável), vamos respeitar, que significa: Dar provas de respeito, honrar, venerar, tremer, recear, observar, cumprir, tolerar.

Fica uma pergunta para reflexão: respeitar a Deus, na plenitude do significado da palavra, é Bíblico ou não?
A paz de Deus seja contigo!

domingo, 3 de maio de 2009

o fim de Abril e o nascer de Maio

o fim de Abril e o nascer de Maio

Acabei de parar para pensar no que passou nestes dias… ufa! Quantas coisas aconteceram nesta semana, graças a Deus. Fica aqui, já agora, o nosso agradecimento por todos que colaboraram para que o nosso casamento fosse realizado (como manda o figurino, pois como manda a lei já estava feito a 4 anos e meio), para nós, que já tínhamos desistido de fazer algo assim, foi uma tremenda surpresa feliz. Mais uma vez, Obrigado!

Uma semana acelerada, com muitas viagens, mas algo mais marcou a minha vida nesta semana, uma visita que fizemos na segunda-feira passada, 27 de Abril, uma mulher com problemas psicológicos, algo que nos assustou um bocado, confesso que não foi fácil, mas ao olharmos com mais calma e menos medo, conseguimos nos aperceber que a casa não cheirava mal, tudo estava limpo, notava-se uma higiene que não tinha visto em muitas casas por ai, começa a conversa, meu Deus…Que vida mais sofrida, marcada, destruída, sem comentários.

Agora, o mais lindo disso tudo e intrigante, a demonstração de amor a Deus que vimos nesta mulher, com base em quê? (Imagino eu a pergunta perturbando a consciência) com base na oração que se ouviu. Podemos conhecer a vida de um cristão pela maneira que ele fala com Deus (orar), podemos ver se tem ou não uma vida de relacionamento com Deus.

Aqui fica o questionamento que confunde o racional: “Mas como é possível, alguém com problema psicológico orar assim?”, boa pergunta não? É verdade, eu e a Cíntia, ouvimos a mulher declarar a palavra de Deus, dizer que Jesus havia salvado ela de muitas coisas e que acreditava nele e no sacrifício de Cristo. Só Deus é que pode ver a verdadeira intenção do coração de cada um, não cabe a nós, mas não é fácil de digerir estas situações, mas é assim.

Concluindo, há muito o que aprender… Não podemos subestimar Deus de maneira alguma pois Ele é soberano.

Quem é o autor?

A minha foto
Falar de nós mesmo é difícil, pois a pergunta "Quem é você?" não se responde apenas se tem a certeza de quem nós somos, cheios convicções estabelecidas num alicerce, ou não. O meu alicerce é incorruptível, chamado Deus! Quem sou: imitador de tudo que é bom para viver uma vida de utilidade e de separação do que é mal.