terça-feira, 9 de novembro de 2010

Geração, para onde vais?


O meu pensamento ultimamente tem sido para não nos conformamos com este mundo. Quando vemos algo na TV, rua, jornal, revista ou na net que não nos agrada automaticamente viramos os olhos para outra direcção.
Gostamos apenas de ver o que nos agrada, interessa, satisfaz, ajuda, favorece, em fim, só o que apenas queremos, é assim hoje, todos são assim, não?
Tenho pensado que muitas das coisas que faço não foram por necessidade de outro, mas por minha causa, que nem sempre foi nobre ou útil, mal...
Costumo dizer que temos em nossas mãos (digo nossas pois lido no dia-a-dia) uma geração micro ondas, tudo é para 5 minutos e nem nos apercebemos que quão fraca ela se torna a cada dia, uma geração que é tão protegida do sofrimento que nem sabe como sofrer. NÃO ME CONFORMO COM ISTO.
Deixo neste pequeno veículo de comunicação dos nossos dias a minha indignação, opinião e desabafo de uma geração que não está em plena saúde no que diz respeito a maturidade, carácter, alma e espírito.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Basileia 2010


Depois de um final de semana brutal em Faro juntamente com os Christian Surfers Portugal (Zaca, Sofia e Luis), Claudecir Júnior e muitos outros que se juntaram a nós no Workshop de Skate, algo simples onde tivemos o privilégio de ter João Relógio para partilha das experiências que ele tinha no skate e com Deus, foi espectacular.
A malta do Boavista Skate Crew curtiu, isso eles mesmos podem confirmar. Toques novos no skate, muita risada, comida barata, apartamento emprestado pela Igreja Baptista, concertos com DJ IMA, MC Ary e Cast a Fire, portanto, foi espectacular e esperamos por mais!
Agradeço a Deus pela graça (favor imerecido) por estar presente nestes eventos e neste em especial com os meus amigos skaters. Acredito que Ele nos da a oportunidade de viver.

Peace, fiquem bem!

Quem é o autor?

A minha foto
Falar de nós mesmo é difícil, pois a pergunta "Quem é você?" não se responde apenas se tem a certeza de quem nós somos, cheios convicções estabelecidas num alicerce, ou não. O meu alicerce é incorruptível, chamado Deus! Quem sou: imitador de tudo que é bom para viver uma vida de utilidade e de separação do que é mal.